sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Tudo passa

 
Tudo Passa
 
Você partiu e deixou pedaços. 
 Pedaços esses, que hoje me faltam. 
Eu que sempre fui forte. 
 Hoje estou fraca e a dor me maltrata. 
Faço forças para cuidar de mim. 
E dar um fim na solidão... 
Porque viver tão triste assim. 
 Sem ter à alegria que eu tinha,em meu coração.

Hoje eu sofro eu choro. 
Não sei quando isso vai acabar... 
Na vida tudo passa. 
Até o meu amor vai passar. 
E quando você lembrar. Me desculpa! 
Nesse dia já deixei de te amar...
 
 Autor: Celi Luzzi

Não foi em vão

 
Não foi em vão
 
Você que um dia surgiu em minha vida
e eu senti o amor se alastrar dentro de mim.
Não imaginava que esse amor poderia
transformar a minha vida.
 
 Fez dos meus dias, os dias mais claros.
 Fez da minha noite escura as estrelas surgirem.
 Fez de mim uma pessoa mais alegre.
 Todos os meus dias eram motivos para sonhar.
 
 E todos os meus sonhos,
eram desejos a se realizar.
 Com você aprendi a ser feliz
e acreditar que o amor constrói e não destrói.
 
 Você me amou de tal forma,
que eu seria incapaz de
comparar esse amor que pra mim foi único.
 Todos os beijos dados,
os abraços apertados não foram em vão.

 Sinto até hoje o toque de suas mãos,
as palavras em meu ouvido, as juras de amor
eu sentia que tudo era verdadeiro.
 Hoje eu me pergunto aonde está você?

 Foi embora sem deixar rastro.
 Não entendo o porquê,
se só deixou coisas boas dentro de mim.
 
 Partiu sem me magoar.
 Não sei onde você está...
 Deixou saudades e um coração partido.
 Mas no fundo ainda sinto.
 Que você vai voltar...
 
 Porque todos os meus dias são motivos pra sonhar.

Autor: Celi Luzzi

 

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Amor, Paixão e Desejo

 
Amor, Paixão e Desejo
 
Abraçamo-nos carinhosamente,
entregando-nos a este amor quase demente...
Somente seus doces cheiros sentia...
Na união de nossos corpos elétricos,
descontrolados, sensualmente frenéticos,
mergulhados em completa demência,.
vou tateando seus seios cálidos...

Nossas coxas entrelaçadas,
na vontade de nossos corpos alucinados,
sentindo o gozo aproximado,
dominados por essa louca emoção...

Sem saber do que em volta se passa,
nosso prazer todos os limites ultrapassa...
Teu corpo nu para mim é um colírio....
Tocá-lo é um constante delírio...

Só quero te amar mais uma vez...
Fundir nossos corpos, talvez, Depois,
transbordantes dessa doce sensação,
beijo teu corpo todo com total devoção...
Beijo teu sexo com carinho apaixonado...

Enquanto meus lábios sorvem seu néctar fluido,
tudo em nosso redor adquire outro colorido...
Enquanto gememos de intenso prazer e deleite,
queres que do calor de teu sexo me aproveite...

Entregamo-nos ao nosso amor impaciente,
a essa desejo quase demente...
Com paixão, nossas energias se renovam,
e nossos sexos mais e mais se provam,
nesta nossa paixão alucinada,
que mais vezes será renovada...
 
Marcial Salaverry
 

Apenas um Poema

 
 

Apenas um Poema

"Se a brisa da manhã tocar o teu rosto e num gracejo
fogoso fizer teus cabelos brincar,
saiba que é um carinho meu,
que sem querer dizer adeus,pedi ao vento para te entregar

Se ao andar pelas matas sentir o cheiro da vida,
de folhas secas e molhadas, perfume de flores,
pode ser jasmim ou qualquer coisa assim,
 é ainda a minha mensagem que vai com o meu perfume,
para você jamais esquecer de mim...

Ao ouvir o barulho de água cristalina,
limpa, pura, vai te lembrar minhas
loucuras tentando te conquistar.
Uma cachoeira encantada vai te lembrar
minha risada quando eu só existia para te amar...

E ao ouvir pássaros cantando,em alguns galhos namorando,
 recordará algumas canções que a gente escutava baixinho,
 jogados em qualquer cantinho,
deixando a canção dizer o que havia em nossos corações...

Se uma gota de orvalho atrevida em tua face pingar
e mais uma outra,  ainda insistente, cair,
é apenas uma lágrima que escorregou,
 é essa imensa saudade a me consumir...

E, ao cair da tarde, quando tudo for silêncio,
olhe para o horizonte , escuta quando a noite chegar.
A mesma estrela vai te dizer que,
mesmo que nunca mais te encontre,
eu jamais vou te esquecer..."

desconhecido

Poema de Amor

 
Poema de Amor!
 
Quero um bosque de Eucaliptos
Perfumando a brisa
Forrando tudo com folhagem macia
Um pomar e um riacho
Uma rede estendida
Para poder,
Ao sussurro das árvores,
Ao canto das águas,
Com o aroma da natureza,
Escrever um POEMA DE AMOR !
 
desconhecido


Não Vou Desistir de Você

 
Não vou desistir de Você
 
Nós não estamos mais juntos, mas eu ainda te amo,
como sempre amei, ou até mais.
Cada vez que eu falo com você, que eu penso em você,
que eu te vejo, meu coração bate mais forte.
 
 Eu sinto falta dos momentos em que estive com você;
e que hoje são uns dos momentos que mais dou valor,
pelo fato de que talvez eles não se repitam.
Eu não sabia que amar alguém poderia me fazer
 sofrer assim, eu não sabia que saudade doía tanto!
 
Por mais que me faça sofrer, chorar e me magoe...
 Eu quero te amar, eu não vou desistir de você.
 Eu te amo.
 
E as vezes, eu sinto que você também me ama;
mas não sei se é essa minha esperança
de te ter de novo que me faz sentir isso,
ou se realmente você ainda sente algo por mim.
 
Por você eu faço tudo, faço o que você quiser,
 tento corrigir os meus defeitos, vou contra o mundo,
enfrento qualquer obstáculo.
Desde que você volte pra mim, tudo bem.
 
Eu sei que eu posso esquecer tudo isso,
 e recomeçar minha vida com outro alguém.
Por mais que demore, eu sei que posso.
Mas eu não quero mais ninguém que não seja você.
E eu não desisto de te querer, porque no fundo, eu sei,
que a nossa história não termina aqui.
 
desconhecido


terça-feira, 6 de janeiro de 2015

A flor da pele

 
A flor da pele
 
Vou deslizando meus dedos por essa estrada sedosa, Em cada curva que passo, um odor, novas surpresas: É tua pele macia, horizonte de belezas, Delícias de minha vida, companheira, saborosa...
 
Em tua cútis, a boca rastejo, de sul a norte,
Provocando em cada pêlo um gostoso arrepio,
E sinto que te contorces como a gazela no cio,
E te envolvo, faminto, e te abraço bem forte...
 
Inexplicáveis momentos de ternura, de paixão,
De corpos embriagados, em transe de comoção,
Com gemidos e suspiros saltando à flor da pele...
E prossigo no caminho de mistérios tão infindos,
Amando teu ser completo, fitando teus olhos lindos,
Até que afinal, num beijo, meu prazer tua boca sele...
 
Piero Valmart